Últimas notícias

Faça Parte do Meio


(Imagem: Mario Sánchez Nevado)
Não há uma pessoa nesse mundo que não tenha torcido o nariz pelo menos uma vez na vida ao ouvir o assunto meio ambiente: Trata-se de algo maçante, redundante e que parece que nunca chegará ao fim. E digo para os que pensam dessa forma, vocês estão certos!

Infelizmente não temos como escapar, nós fazemos parte do meio ambiente (ou pelo menos deveríamos). Mas por que será que temos tanta dificuldade de conversar, estudar ou discutir isto? Por que utilizamos esta matéria como aula ideal para faltar ou tirar uma soneca na sala (já fiz isso uma vez!)? Por que fazemos chacota ou não nos importamos com os ambientalistas? Interessante o termo ambientalista, se pensarmos bem todos nós somos ambientalistas, seja positivamente ou não. As respostas de todas estas perguntas pode se resumir em uma palavra: informação.

Vivemos numa época em que temos acesso a tudo, a internet nos auxilia para isto, inclusive para você ter acesso a esse site. Porém temos um pequeno impasse, quanto mais informações nós temos, menos sabemos sobre as mesmas. Não sabemos até que ponto a reportagem tem conteúdo ou é algo apelativo, só para ganhar muitos acessos e “likes”. É a falta da informação correta que nos desanima a se atentar a algo ou simplesmente ignorar, ou ainda manifestar nossos direitos (está na moda agora). Os “bem mal informados” voltam ao tempo das cavernas, perdem a noção de civilidade e colocam fogo em ônibus exigindo mais ônibus rodando no seu bairro, quebram viaturas e os policiais que ali estavam, exigindo mais policiamento, compram cartolina e escrevem “não ao desmatamento!” e depois jogam o papel em qualquer lugar mesmo, e por aí vai. Será que não seria mais fácil saber o quê realmente queremos e estudar mais a respeito?

Nos anos 1980, 1990, acreditava-se em carros voadores, transporte de passageiros para outros planetas e a escassez de água. Não é muito bem isto que aconteceu. Hoje em dia voltam os mesmos assuntos, só que para daqui há alguns anos, e por aí vamos remoendo os mesmos assuntos. Quem nunca ouviu de nossos pais e parentes mais velhos que nós somos o futuro da nação, que eles acabaram com o nosso planeta e que nós pagaremos pelos seus erros? Interessante, agora caro leitor, pergunta se eles querem nos ajudar a salvar o mundo? Vai “chover” desculpas. É muito fácil empurrar os problemas com a barriga e se omitir aos assuntos a serem tratados, e nós – futuro da nação – continuamos no mesmo passo, infelizmente.

Voltemos para as velhas informações, 1/3 da população mundial não tem acesso direto à água tratada ou de qualidade (UNESCO). Parece algo tão longe aos olhos do brasileiro, mas não é. Tivemos um verão pouco chuvoso no Brasil e muitas represas e fontes de armazenamento de água estão com níveis bem abaixo do normal e muitos municípios passam por racionamento de água e energia. O sudeste foi e está sendo castigado pelo período de seca prolongado. Muito se ouve de São Paulo e do sistema da Cantareira com níveis abaixo de 20% da capacidade (revista EXAME), mas não precisamos ir tão longe, a represa de Três Marias-MG tem a previsão de somente 12% do seu nível de água no mês de setembro (dados CEMIG).

 Não há como dizer que não fazemos parte do meio, precisamos dele, e ao contrário do que muitos pensam, o planeta não precisa de nós para ser salvo. Então para quê toda essa luta para salvar o planeta? Para a raça humana não ser dizimada, simplesmente! O planeta já estava aqui antes de chegarmos e é capaz de sofrer as alterações necessárias para reorganizar o que bagunçamos. Tudo bem que não é de um dia para o outro, mas se a raça humana for extinta, o planetinha azul se vira sozinho. Nem por isso queremos ver isto acontecer não é!? 

O assunto meio ambiente deve ser tratado de forma natural, sem imposições e radicalismo, mas também não precisamos sentir na pele para começar a agir. Neste espaço trataremos de muitos assuntos, sobre tudo um pouco (tudo é meio ambiente), principalmente assuntos ligados à nossa região. Dê dicas e sugestões, todos agradecem! E lembrem-se, informação (de qualidade) nunca é de mais!

Escrito por Matheus Terra Hipólito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.