Últimas notícias

Cruzeiro vira sobre o Santa Rita-AL e avança na Copa do Brasil

Fotos:Thiago Parmalat/LightPress

Fotos:Thiago Parmalat/LightPress
Em jogo difícil, o Cruzeiro venceu o Santa Rita – AL, por 2 a 1, de virada, na noite desta quarta-feira, em Arapiraca, e se classificou às quartas de final da Copa do Brasil. Com esse resultado, o Maior de Minas completou 16 jogos de invencibilidade e chegou a marca de 105 gols na atual temporada.
O time estrelado não fez um bom primeiro tempo, dando brechas para a equipe alagoana, que apareceu várias vezes ao ataque e acabou abrindo o placar da partida, aos 44 minutos do primeiro tempo, com Cristiano Fontes. Para a segunda etapa, Marcelo Oliveira colocou Eurico e Marcelo Moreno em campo, nos lugares de Alex e Neilton, respectivamente. As mudanças surtiram efeito, e o time cinco estrelas sufocou o adversário durante todo o segundo tempo. Júlio Baptista, de pênalti, e Moreno, após completar cruzamento de Marlone, sacramentaram a virada celeste.
Agora, o time estrelado volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, pelo qual enfrentará o Fluminense, no próximo domingo, às 16h, no Maracanã, em jogo válido pela última rodada do primeiro turno da competição.
A partida
O jogo começou com as duas equipes se estudando, sendo que o time da casa saía mais para o ataque, já que precisava do resultado, enquanto o Cruzeiro se fechava e buscava sair com velocidade nos contra-ataques. O início do duelo também foi marcado pelo alto número de passes errados de ambos os times, muito desses erros causados pela irregularidade do gramado.
Aos 13 minutos, Ceará foi inverter a jogada do lado direito para o esquerdo do campo, o passe não foi bom e acabou no peito de Gueba. O meia lançou Reinaldo Alagoano, que saiu na cara de Fábio, mas Léo antecipou, tomou a frente da jogada e protegeu a bola para que o arqueiro celeste ficasse com ela.
A equipe alagoana assustou de novo somente aos 27 minutos. Jeanderson avançou pela ponta esquerda e cruzou para a área. A bola não encontrou ninguém e acabou ficando com a zaga celeste. Três minutos depois, o Cruzeiro teve a sua primeira chance. Willian escorou e Nilton bateu de primeira, de fora da área, mas o chute saiu à esquerda da meta de Jeferson.
O Maior de Minas, aos poucos, foi se apresentando mais ao ataque. Aos 36 minutos, Marlone, em cobrança de falta pela ponta direita, levantou a bola na área adversária. O zagueiro Léo subiu mais alto que a zaga do Santa Rita e testou para fácil defesa do arqueiro alagoano.
No último lance perigoso do primeiro tempo, aos 44 minutos, a equipe nordestina abriu o placar.  Após cobrança de escanteio, do lado esquerdo de ataque, a bola sobrou para Jeanderson, que cruzou na área celeste. Na sequência, depois de um rebote da defensiva azul, Reinaldo Alagoano chutou cruzado e Cristiano Fontes, debaixo das traves, só empurrou para o fundo das redes. Santa Rita – AL 1 x 0 e fim da primeira etapa.
2º Tempo
O Cruzeiro voltou mais ligado no segundo tempo. Logo aos três minutos, Júlio Baptista puxou contra-ataque e tocou para Marlone que, da entrada da área, deu uma cavadinha. A bola encobriu o goleiro Jeferson e, caprichosamente, parou no travessão da meta alagoana.
Quatro minutos depois, Willian fez bela jogada individual e deu assistência para Neilton. O atacante celeste dominou, cortou o zagueiro, mas acabou sendo desarmado na hora do chute.
O Maior de Minas continuava pressionando o adversário. Com 13 minutos, Nilton arriscou de longe no canto direito de Jeferson, que se esticou para encaixar a bola e evitou o primeiro gol cruzeirense na partida. Cinco minutos mais tarde, Willian fez levantamento para a área alagoana e Léo, mais uma vez, ganhou no alto e cabeceou sobre a meta.
De tanto insistir, a equipe estrelada conseguiu chegar ao gol. Aos 25 minutos, Moreno tabelou com Willian, o camisa 18 finalizou e o zagueiro Selmo Lima desviou a bola com o braço, dentro da área. O árbitro assinalou penalidade para o Cruzeiro. Júlio Baptista bateu com perfeição, sem chances para Jeferson. Empate estrelado: 1 x 1.
Aos 27, Marlone disparou pela ponta direita, fez linda jogada individual e tocou para o meio da área. Moreno se antecipou à zaga nordestina e mandou a bola para o fundo das redes, chegando ao seu 38º gol com o manto estrelado. Virada cruzeirense: 2 x 1.
Os gols da Raposa desanimaram o time Alagoano, que chegou com perigo ao ataque somente mais uma vez, aos 39 minutos, quando Cristiano Fontes cruzou e Manoel afastou o perigo, ao evitar que a bola chegasse à cabeça de Reinaldo. Desse momento em diante, o Cruzeiro ficou trocando passes para administrar o resultado.
Com 48 minutos, o árbitro apitou e finalizou a partida. Maior de Minas 2 x 1 Santa Rita – AL, e vaga celeste garantida nas quartas de final da Copa do Brasil.
SANTA RITA 1  X  2 CRUZEIRO
Motivo: Oitavas de final da Copa do Brasil
Data: 03/09/2014 (quarta-feira)
Local: Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca - AL
Árbitro: Renan Roberto de Souza
Gols: Cristiano Fontes, aos 44 minutos do primeiro tempo; Júlio Baptista, aos 24 e Marcelo Moreno, aos 27 minutos do segundo tempo.
Cruzeiro:
Fábio; Ceará, Manoel, Léo e Alex (Eurico); Nilton (Samudio), Willian Farias e Marlone;  Willian, Neilton (Marcelo Moreno) e Júlio Baptista.
Técnico: Marcelo Oliveira
Santa Rita:
Jeferson, Lucas, Selmo Lima, Júnior Carvalho e Jeanderson; Adriano, Edson Magal (Júnior Amorim), Cristiano Fontes e Gueba (Gabriel Soares); Reinado Alagoano e Rafael Silva(Erlon).
Técnico: Eduardo Neto
Cartões amarelos: Adriano, Edson Magal, Selmo Lima (Santa Rita – AL)

Reprodução: site oficial do Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.