Últimas notícias

Cruzeiro vence o Goiás e se torna tetracampeão brasileiro de futebol

Fotos:Washington Alves/Lightpress
O dono do Brasil. Sem dar chance aos adversários, o Cruzeiro manteve a hegemonia do futebol nacional e sagrou-se, neste domingo, como o legitimo Campeão Brasileiro de 2014. Foi o segundo título consecutivo e o quarto da sua história, tornando-se o maior campeão da era dos pontos corridos, ao lado do São Paulo, com três títulos.
O Tetracampeão Brasileiro venceu o Góias por 2 x 1 no Mineirão. Os gols da Raposa foram marcados por Ricardo Goulart, que chegou a artilharia do campeonato com 15 gols e por Everton Ribeiro. Samuel descontou para os goianos. Foi a quinta vitória seguida da Raposa e 14ª jogando em Belo Horizonte.
A Façanha
O jogo começou debaixo de uma chuva intensa que encharcou o gramado do Mineirão. O Cruzeiro procurou o ataque desde o inicio, logo aos três minutos de jogo quase saiu o primeiro gol. A bola foi cruzada para área, Ricardo Goulart dominou e alçou para o meio, o zagueiro Léo quase marcou.
Aos oito minutos, boa jogada de Everton Ribeiro e Mayke, a bola foi cruzada na cabeça de Marcelo Moreno que acertou a rede pelo lado de fora, muito perto da meta defendida pelo goleiro do time goiano.
Dois minutos depois, novamente Moreno recebeu cruzamento de Everton Ribeiro, girou em cima do zagueiro, mas perdeu ângulo, a bola sobrou para Mayke que arriscou para a boa defesa de Renan.
Não demorou muito para o gol sair. Belíssima jogada de Everton Ribeiro e Mayke que cruzou na cabeça de Ricardo Goulart, o artilheiro cabeceou no canto esquerdo de Renan, que nada pode fazer. 1 x 0 para o líder disparado do Campeonato.
O Cruzeiro era o dono do jogo, em todo momento procurava o segundo gol, pressionando o adversário no campo inimigo, porem em um lance isolado o Goiás empatou. Falta no meio-campo, a bola foi alçada para área e sobrou para o centroavante Samuel, o jogador bateu colocado no ângulo de Fábio. 1 x 1.
Há dois minutos do fim do primeiro tempo, Everton Ribeiro bateu escanteio e o zagueiro Léo subiu muito para cabecear, a bola passou muito perto da meta de Renan.
Segunda etapa
O Cruzeiro começou o segundo tempo impulsionado pela China Azul que vibrava por todo Mineirão. Aos dois minutos Everton Ribeiro lançou Ricardo Goulart que penetrou na área e bateu para a boa defesa do goleiro Renan.
Aos 13 minutos, Lucas silva fez um grande lançamento e achou o lateral Egídio entrando sozinho pela esquerda, o jogador cabeceou quase dentro da pequena área, mas o tiro foi para fora.
Aos 17 minutos, o camisa 17 da Raposa fez a diferença. Willian fez grande jogada na esquerda e cruzou para Everton Ribeiro, que de cabeça empurrou para o fundo das redes e decretou o desempate na partida. 2 x 1 Cruzeiro.
Quatro minutos depois foi a vez do capitão celeste aparecer. Escanteio para o Goiás, bola alçada na área e desviou em Bruno Rodrigo, Fábio com um salto espetacular impediu o empate goiano.
Aos 22 minutos, nova investida do Goiás, chute de Ramon, a bola desviou em Willian no meio do caminho e “beijou” a trave, no rebote Erik chutou e Fábio fez uma grande defesa, mas o jogador goiano já estava impedido.
Aos 36 minutos, Everton Ribeiro lançou Ricardo Goulart que de frente para o gol escorregou e chutou fraco para a defesa do arqueiro do time goiano.
Quatro minutos depois outra grande intervenção de Fábio. Falta cobrada, Samuel desviou e o capitão cruzeirense fez uma excelente defesa em dois tempos.
Fim de jogo e o Cruzeiro é Tetracampeão brasileiro de futebol.
CRUZEIRO 2 X 1 GOIÁS
Motivo:
 36ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Data: 23/11/2014 (domingo)
Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra
Público: 56.769 pagantes
Renda: R$3.609.142,00
Gols: Ricardo Goulart aos 12 e Samuel aos 22 minutos do primeiro tempo, Everton Ribeiro aos 17 minutos do segundo tempo.
Cruzeiro: Fábio; Mayke(Eurico), Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique, Lucas Silva (Nilton), Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Marcelo Moreno (Júlio Baptista)
Técnico: Marcelo Oliveira
Goiás: Renan, Tiago Real, Jackson, Pedro Henrique e Felipe Saturnino (Lima); Amaral, David(Welinton Júnior) e Thiago Mendes; Ramon(Esquerdinha), Erik e Samuel
Técnico: Ricardo Drubscky
Cartões amarelos: Henrique (Cruzeiro); Thiago Real(Goiás)

Reprodução: site oficial do Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.