Últimas notícias

Fábio está prestes a alcançar mais uma marca histórica pelo Cruzeiro

Foto: Washington Alves/LightPress

O que é necessário para um goleiro se tornar um ídolo? Títulos? Identidade com o clube? Grandes defesas? Espírito de liderança? Se esses critérios são válidos para explicar a genialidade de um atleta, talvez os mesmos também possam justificar o sucesso de Fábio no Cruzeiro, equipe pela qual o arqueiro pode alcançar a marca histórica de 611 jogos, nesta quarta-feira, às 22h, contra o Universitário de Sucre, na estreia do time celeste na Copa Libertadores 2015.
Caso atue diante dos bolivianos, o capitão do Tetrampeão Brasileiro se tornará o segundo jogador que mais vezes vestiu a camisa do Maior de Minas, superando Dirceu Lopes, que possui 610 partidas, e ficando atrás somente de Zé Carlos, o qual defendeu as cores azuis em 633 oportunidades.
“É mais um presente que estou conquistando dentro da minha história no Cruzeiro. Fico tranquilo quanto a isso, é uma coisa natural que vem acontecendo na minha carreira. Tive a oportunidade de estar com o Dirceu há alguns dias e ele me deu algumas palavras de carinho. Fico muito grato por alcançar este número e espero fazer valer cada vez mais a confiança dos jogadores e dos torcedores”, disse o goleiro, prestes a atingir o expressivo número.

Foto: Cruzeiro/Divulgação
Desde a sua primeira passagem pelo Clube cinco estrelas, em 2000, e sua volta à Toca da Raposa, em 2005, Fábio esteve em campo por mais de 54.900 minutos, tendo conquistado um título da Copa do Brasil, cinco do Campeonato Mineiro e dois do Brasileirão.
Apesar de já ter levantado esses troféus, o paredão azul ainda não se dá por satisfeito e almeja conquistar algo inédito na sua carreira: a Copa Libertadores. Conhecedor das dificuldades que encontrará para cumprir essa meta, o experiente guarda-metas se mostrou confiante na força do elenco e espera contar com o apoio da nação azul na busca de mais uma importante conquista.
“Vai ser uma Libertadores difícil, com equipes bem equilibradas, com grandes jogos. É uma competição que, com certeza, nos motiva muito, pela possibilidade de você alcançar um título que todos nós queremos. O torcedor, antes mesmo da partida, já está falando da Libertadores. Isso gera motivação e ansiedade. O atleta entra com mais vigor e com vontade de buscar o título ”, completou.
Confira a lista dos jogadores que mais atuaram pela Raposa:
1. Zé Carlos – 633 jogos
2. Fábio – 610 jogos
2. Dirceu Lopes – 610 jogos
3. Piazza – 566 jogos
4. Raul – 557 jogos
5. Eduardo Amorim – 556 jogos
6. Vanderlei – 538 jogos
7. Joãozinho – 485 jogos
8. Palhinha – 457 jogos
9. Ademir – 442 jogos
Ficha da muralha azul:
Nome completo:
 Fábio Deivson Lopes Maciel
Posição: Goleiro
Nascimento: 30/09/1980 (Nobres-MT)
Altura: 1,88 m
Peso: 92 kg
Jogos: 610
Estreia no Cruzeiro: Cruzeiro 2 x 0 Universal-RJ, em 04/03/2000, amistoso, no Mineirão
Carreira: União Bandeirante-PR (1997), Atlético-PR (1998), Cruzeiro (1999 a 2000), Vasco (2000 a 2004) e Cruzeiro (desde 01/2005)
Títulos: Copa do Brasil 2000; Copa Mercosul 2000; Campeonato Carioca 2003; Campeonato Mineiro 2006, 2008, 2009, 2011 e 2014; Campeonato Brasileiro 2000, 2013 e 2014
Seleção Brasileira: Sub-17; Sub-20; Sub-23; Principal
Títulos pela Seleção Brasileira: Campeonato Sul-Americano Sub-17 1997; Campeonato Mundial Sub-17 1997; Copa América 2004
Premiações: Bola de Prata da Revista Placar 2010 e 2013; Seleção do Prêmio Craque do Brasileirão 2013

Reprodução: Site Oficial Do Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.