Últimas notícias

Nos pênaltis e com direito a muita emoção, Brasil se classifica para as quartas de final

(Foto: Divulgação / Site Oficial da FIFA)

Brasil e Chile se enfrentaram sábado (28), no Estádio do Mineirão na capital mineira pelas oitavas de finais da Copa do Mundo. O retrospecto brasileiro contra os chilenos em Copa do Mundo é super favorável à seleção canarinho. Foram três partidas em mata-mata, todas com vitória do Brasil, e saldo de oito gols a favor, com onze gols anotados e três sofridos

Fernandinho era a novidade do Brasil para a partida. O volante, que marcou no jogo passado, entrou na vaga de Paulinho.

Primeiro tempo

O jogo começou ríspido, faltas fortes de ambos os lados sendo o Neymar a maior “vítima”. O primeiro lance de perigo foi brasileiro, aos 6 minutos Marcelo finalizou de fora da área, a bola passou perto do gol de Bravo. Chile respondeu em seguida, Sánchez recebeu bola na direita da área, tentou passe para Vargas mas Júlio César segurou impedindo a finalização da equipe chilena.

Primeiro lance polêmico aconteceu aos 12 minutos, Hulk caiu na área e ficou pedindo pênalti.O gol não demorou a sair, aos 18 minutos, em escanteio cobrado por Neymar, Thiago Silva desviou de cabeça, e em disputa de bola entre David Luiz e Gonzalo Jara a bola morreu nas redes.

(Foto: Divulgação / Site Oficial da FIFA)
Neymar teve sua primeira chance aos 24 minutos, em arrancada pela esquerda, e após passar pelo marcador ,bateu de perna trocada, mas a bola foi pra longe do golO Chile não se abateu e em falha brasileira conseguiu o empate, aos 32 minutos Marcelo cobrou lateral, Hulk devolveu muito fraco, a bola sobrou pra Vargas que fez belo passe para Sánchez na área, que só teve o trabalho de bater no canto direito de Júlio César.


Brasil quase chegou ao segundo gol com Daniel Alves aos 42 minutos que soltou uma pancada de fora da área,  Bravo espalmou pra escanteio.

Segundo tempo


 As duas seleções voltaram com a mesma formação. A seleção canarinho teve um gol anulado logo nos primeiro minutos da etapa complementar, aos 9 minutos Hulk foi lançado por Marcelo, que segundo o árbitro dominou com o braço, apesar de ter feito o gol e comemorar, o juiz confirmou a irregularidade.

Brasil se perdeu em campo após tomar o gol, a seleção chilena chegou até a dominar o jogo, Felipão foi flagrado por diversas vezes na  lateral do campo pedindo calma para o timeJô que entrou no lugar de Fred, quase desempatou a partida aos 29 minutos, Hulk cruzou da esquerda, Jô apareceu na frente do gol mas não conseguiu tocar para o gol.

A seleção Chilena sufocou o Brasil nos 15 minutos finais, o setor defensivo ficou marcado por muitos erros individuais. Howard Webb apitou o fim da segunda etapa aos 48 minutos.

Prorrogação


 A prorrogação começou acirrada, Jô levou amarelo de cara por falta cometida no goleiro. O maior lance de perigo foi de Hulk aos 12 minutos com um chute de fora da área, obrigando o goleiro Bravo a uma grande defesa.

Diferente do primeiro tempo de prorrogação, a seleção brasileira teve muito mais iniciativa na segunda etapa do tempo extra. O Chile ficou mais tempo recuado e sofreu pressão por quase todo o tempo, mas aos 14 minutos , a unica oportunidade produzida pelo Chile quase definiu sua classificação, Pinilla arriscou e acertou o travessão. Ramires respondeu no ultimo lance mas finalizou pra fora.


Decisão nos pênaltis  


A seleção ficou com a vaga após uma emocionante disputa de pênaltis,as cobranças perdidas ficaram por conta de  PinillaSánchez para o Chile e Willian, Hulk para o Brasil 
(Foto: Divulgação / Site Oficial da FIFA)

BRASIL 1(3)x1(2)CHILE 
FICHA TÉCNICA:

Brasil: Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz, Marcelo , Luiz Gustavo, Fernandinho,  Hulk, Oscar(Willian), Neymar, Fred(Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Chile: Técnico: C. Bravo, M. Isla, F. Silva, G. Medel (Rojas), G. Jara(Jara), E. Mena, Aránguiz, A. Vidal, M. Díaz, A. Sánchez, E. Vargas (Gutiérrez). Técnico:Jorge Sampaoli 

Gols: Brasil : David Luiz
         Chile:Sánchez

Data: 28 de junho de 2014
Horário: 13h
Estádio: Mineirão, Belo Horizonte
Arbitragem: Howard Webb (ENG)
Assistente 1 : Michael MULLARKEY (ENG)
Assistente 2 : Darren CANN (ENG)

Matéria por: Ícaro Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.