Últimas notícias

Cruzeiro vence e assume a liderança do grupo 3 da Copa Libertadores


Fotos: Carlos Eduardo Ramirez/LightPress
Primeira vitória, primeiros gols e primeiro lugar na tabela de classificação. Essa foi a noite do Cruzeiro na cidade de Puerto Ordaz, na Venezuela, onde o Clube estrelado venceu o Mineros de Guayana, por 2 a 0, nessa quinta-feira, pela terceira rodada do grupo 3 da Copa Libertadores. Os gols da vitória celeste foram marcados por Leandro Damião e Marquinhos.
Com esse importante triunfo conquistado fora de casa, o tetracampeão brasileiro assumiu a liderança da sua chave no torneio, tendo somado cinco pontos em três jogos disputados. O segundo colocado é o Universitario de Sucre, que possui a mesma pontuação, mas perde no saldo de gols (2 x 1).
O próximo compromisso do Cruzeiro pela competição internacional será contra o próprio Mineros, no dia oito de abril, às 22h, no Mineirão. Mas antes desse confronto, a Raposa ainda terá outros jogos pelo Campeonato Mineiro, como o clássico deste domingo, perante o América-MG, às 18h30, no estádio Independência.
O jogo
Jogando em casa, o Mineros começou o duelo se lançando ao ataque, principalmente pelo lado esquerdo, com os atletas Ángelo Peña e Ebby Pérez. Já o Maior de Minas, aos poucos, foi criando jogadas ofensivas e levando perigo à meta de Rafael Romo, através do talento de Alisson e da velocidade de Marquinhos.
Aos 11 minutos, após se livrar de um perigoso cruzamento rasteiro feito por Gabriel Cichero, a Raposa realizou uma bela jogada e abriu o placar em Puerto Ordaz. No lance, Marquinhos se desvencilhou de dois marcadores e encontrou Arrascaeta que, de dentro da área, finalizou para excelente defesa de Romo. No rebote, Leandro Damião foi mais esperto que os zagueiros venezuelanos e, de cabeça, colocou a bola no fundo da rede. Cruzeiro 1 x 0.
Depois do gol, o tetracampeão brasileiro teve mais liberdade para atacar e chegava com frequência à área do Mineros. Aos 18 minutos, o inspirado Marquinhos avançou mais uma vez pela ponta direita e cruzou para Arrascaeta. O uruguaio, de cabeça, concluiu com perigo à esquerda da trave rival.
Com 27 minutos de jogo, a agremiação mandante voltou a rondar a defensiva celeste. Na oportunidade, Richard Blanco deu bom passe para Pérez, que mirou o canto esquerdo de Fábio, mas o zagueiro Léo se jogou na bola e interceptou, precisamente, a conclusão do atacante.
Seis minutos mais tarde, o lateral direito Luis Vallenilla recebeu assistência pela ponta direita e chutou rasteiro para ótima intervenção de Fábio que, de perna esquerda, afastou o perigo. Na sequência, próximo ao fim do primeiro tempo, Alisson assustou Romo com uma finalização de cabeça, após receber outro cruzamento de Marquinhos.
2º tempo
A etapa complementar teve o seu início marcado por contra-ataques. Em um deles, aos nove minutos, o Maior de Minas desperdiçou uma grande chance de fazer o segundo gol da noite. Na ocasião, Leandro Damião “fez o pivô” e lançou Arrascaeta que, de primeira, deu linda assistência para Marquinhos. O camisa 30 avançou e finalizou, mas Romo impediu o tento e mandou a bola para escanteio.
Lanterna do grupo e precisando reverter a desvantagem no placar, a equipe do Mineros tentava empatar a partida através da insistência em cruzamentos na área defendida por Fábio. Aos 13 minutos, Cichero se aproveitou desse tipo de lance e cabeceou perigosamente em direção à meta estrelada.
Nos momentos que permearam a metade do segundo tempo, as duas equipes diminuíram o ritmo e pouco criaram. Com 24 minutos, a partida voltou a ter uma jogada ofensiva, que aconteceu após passe de Leandro Damião para Alisson, o qual concluiu para a defesa de Romo. No rebote, a bola voltou para o meio-campista cruzeirense, que escorou para outro arremate, desta vez feito por Charles, mas que também foi bloqueado pela zaga rival.
Aos 37 minutos, o tetracampeão brasileiro chegou ao segundo gol em solo venezuelano. O tento surgiu depois de uma bela tabela de Mena com Damião, sendo que o lateral avançou pela ponta esquerda e deu ótima assistência para Marquinhos, que dividiu com o zagueiro e depois só escorou para o fundo da rede. Cruzeiro 2 x 0.
No último ataque do jogo, aos 47 minutos, Edgar Jiménez cobrou falta com precisão no canto de Fábio. O paredão azul se esticou todo para fazer uma excelente intervenção e garantir a importante vitória do Cruzeiro, por 2 a 0, na Venezuela.
MINEROS 0 X 2 CRUZEIRO

Motivo: 3ª rodada do grupo 3 da Copa Libertadores
Data: 19/03/2015 (quinta-feira)
Local: Estádio Polideportivo Cachamay, em Puerto Ordaz, província de Guayana, na Venezuela
Árbitro: Carlos Vera (EQU)
Gols: Leandro Damião, aos 11 minutos do primeiro tempo e Marquinhos, aos 37 minutos do segundo tempo.

Mineros: Rafael Romo; Luis Vallenilla, Julio Machado, Anthony Matos e Gabriel Cichero;, Ángelo Peña (Luis Guerra), Arnold López (Alberto Cabello), Edgar Jiménez, Ebby Pérez (Romer Rojas); Richard Blanco e James Cabezas. 
Técnico: Antonio Franco (interino)

Cruzeiro: Fábio; Mayke (Ceará), Léo, Paulo André e Mena; Willian Farias e Henrique; Marquinhos, Arrascaeta (Charles) e Alisson (Judivan); Leandro Damião
Técnico: Marcelo Oliveira
Cartões amarelos: Leandro Damião, Mena, Paulo André (Cruzeiro)

Reprodução: Site Oficial do Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.