Últimas notícias

Felixlândia: Artefato amarrado em gerente de banco era falso


O assalto efetuado nesta semana em um banco em Felixlândia-MG, que envolveu 4 criminosos, teve grande repercussão devido a gravidade da situação em que a vítima foi mantida.
O gerente do banco foi mantido refém dentro da agência com um colete de bombas amarradas ao corpo, porém, descobriu-se que tratava-se de um artefato falso. (Leia mais)
Foram cerca de R$ 700 mil reais levados pelos assaltantes, em seguida, deixaram o funcionário dentro do banco. Por volta das 9h, a PM cercou o quarteirão da agência, no centro da cidade. Foi acionada ajuda de Militares de Curvelo, para reforçar a segurança no local, que ficou tomado de curiosos.
Também foi acionada uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) de Belo Horizonte, mas foi cancelado, já que a própria vítima descobriu, com a ajuda de militares, que os artefatos se tratavam de canos de PVC envolvidos com fita isolante.
Segundo testemunhas, os bandidos fugiram pela BR–040, em direção à cidade de Paraopeba, na mesma região. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.