Últimas notícias

Cruzeiro mostra raça e vence o Democrata-GV, na estreia do Mineiro


Fotos: Sergio Roberto/LightPress
Em partida extremamente equilibrada, o Cruzeiro venceu o Democrata-GV, por 2 a 1, de virada, na noite deste domingo, em Governador Valadares. O duelo marcou a estreia da Raposa no Campeonato Mineiro. Rodrigão foi o autor do gol da equipe mandante, enquanto Henrique e Joel decretaram a vitória do time celeste.
Com esse resultado positivo, o Cruzeiro termina a primeira rodada do Estadual na terceira colocação, somando três pontos e um tento de saldo. A liderança do certame é ocupada pela Caldense, que superou o Mamoré, por 6 a 1, em Poços de Caldas.
Na próxima semana, o Tetracampeão Brasileiro encara os líderes, no Mineirão, às 17h, também no domingo. Este será o primeiro confronto do Clube azul em sua casa, que ano passado foi palco da conquista do Mineiro e do Campeonato Brasileiro.
O jogo
Apesar do gramado irregular do estádio, as duas equipes iniciaram a partida tentando realizar jogadas de toques rápidos para chegar ao ataque. Aos seis minutos, Judivan pressionou a zaga adversária e roubou a bola, mas, ao entrar na área para tentar a finalização, foi desarmado por Rodrigo Lima.
O time da casa respondeu logo aos dez minutos. Após cobrança de lateral alçada no miolo da zaga, Léo subiu para afastar o perigo. No entanto, a sobra ficou com Marcel que, de perna esquerda, finalizou com perigo à esquerda do gol de Fábio.
Depois de dar o seu primeiro ataque na partida, o time do Democrata se animou e abriu o placar, aos 13 minutos. A jogada do tento começou com o meio-campista Osvaldir, que avançou pela ponta direita e cruzou à meia-altura para Rodrigão. O atacante rival finalizou de primeira, com precisão, no canto esquerdo do arqueiro celeste. Democrata-GV 1 x 0.
Aos 29, Paulinho, em bela cobrança de falta, deu mais um susto na muralha azul. Na sequência, Júlio César fez boa jogada individual, tabelou com Rodrigão e, na entrada da grande área, arriscou sobre a meta cinco estrelas.
Dois minutos mais tarde foi a vez do Tetracampeão Brasileiro ameaçar a agremiação de Governador Valadares. Eurico, revelação da base cruzeirense, deu lindo passe para Marquinhos, que escorou para Judivan. O atacante tentou a finalização, mas acabou sendo desequilibrado pela zaga adversária.
Nos últimos momentos da  primeira etapa, aos 49 minutos, aconteceu um lance polêmico. Após cobrança de escanteio, Leandro Damião subiu bem e cabeceou, mas a bola foi interceptada pela mão de um defensor do Democrata. O árbitro interpretou como normal a jogada e não assinalou a penalidade.
2º tempo
Com a desvantagem no placar, o Cruzeiro voltou do intervalo pressionando os donos da casa. Aos sete minutos, Leandro Damião recebeu cruzamento oriundo da ponta direita e mandou a bola para o fundo das redes. O atacante iria celebrar o seu primeiro tento com o manto azul, mas Benevenuto já havia assinalado impedimento do goleador.
A falta de espaço para o toque de bola e as condições do gramado tornaram os arremates a longa distância em uma boa alternativa. Três minutos após o gol anulado, Willian arriscou de longe e obrigou Fábio Noronha a se esticar todo para espalmar a bola e evitar o empate cruzeirense.
Aos 18 minutos, Judivan, que já havia levado perigo em finalização da entrada da área, voltou a assustar o Democrata. O atacante estrelado fez linda jogada individual, passou entre dois marcadores e chutou cruzado. A bola bateu em Rodrigo Lima e saiu para escanteio.
De tanto pressionar, o Maior de Minas conseguiu empatar o duelo, aos 29 minutos. No lance, Marquinhos cobrou escanteio na primeira trave, Leandro Damião deu um leve desvio e Henrique, de peixinho, se jogou para empurrar a bola para o fundo da rede. Cruzeiro 1 x 1.
Cinco minutos após o empate, a Raposa seguia pressionando o time do interior de Minas Gerais. Joel, que entrou durante o segundo tempo, realizou excelente tabela com Willian e entrou livre na área rival. Com precisão, o camaronês ajeitou o corpo e finalizou de perna esquerda, no canto direito, sem chance de defesa para Fábio Noronha. Cruzeiro 2 x 1.
O último lance perigoso da noite aconteceu aos 46 minutos. Na jogada, o meio-campista Júlio César protegeu a chegada de Henrique e chutou para boa defesa do arqueiro azul, que, em dois tempos, abafou o ataque. Em seguida, o Democrata tentou chegar mais duas vezes, mas já não havia tempo para mais nada. Aos 49, o árbitro ergueu os braços e decretou a vitória celeste na estreia do Mineiro.
DEMOCRATA-GV 1 x 2 CRUZEIRO
Motivo: Primeira rodada do Campeonato Mineiro
Data: 01/02/2015 (domingo)
Local: Estádio Mamudão, em Governador Valadares-MG
Árbitro: Igor Júnior Benevenuto (CBF/FMF)
Assistentes: Marconi Helbert Vieira (CBF/FMF) e Ricardo Junio de Souza (CBF/FMF)
Gols: Rodrigão, aos 13 minutos do primeiro tempo; Henrique, aos 29 e Joel, aos 34 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Osvaldir e Denilson (Democrata-GV)
Democrata-GV:
Fábio Noronha; Rodrigo Lima, Jadson, Ricardo Duarte e Denilson; Marcel, Júlio César, Osvaldir (Douglas) e Paulinho (Leandro Alves); João Paulo (Amilton) e Rodrigão
Técnico: Gilmar Estevam
Cruzeiro:
Fábio; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Gilson; Eurico (Joel), Henrique, Judivan (Neilton) e Marquinhos (Bruno Edgar); Willian e Leandro Damião
Técnico: Marcelo Oliveira

    Reprodução: Site Oficial Do Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.