Últimas notícias

Senhor é vítima de trabalho análogo ao de escravo em Corinto


Na manhã da última quarta-feira (28), a Polícia Militar realizou um cumprimento de requisição do Ministério Público do Trabalho (MPT), onde um senhor estaria exercendo um trabalho em condições similares às de escravo, em uma fazenda na zona rural de Corinto-MG.
Após denúncia ao MPT, foi enviado uma requisição à Polícia Militar para averiguar as condições em que o senhor identificado como Ambrózio de Oliveira Santos (66), trabalhava. 
Cômodo onde a vítima vive
No local, a vítima relatou trabalhar para um homem identificado como José Marques de Magalhães (47), conhecido popularmente como Juquinha. Na fazenda o senhor era responsável por realizar a manutenção geral da propriedade e recebia cerca de R$ 100,00 mensais pelo serviço.  
Segundo o Sr. Ambrózio, já fazem aproximadamente 10 anos que ele não recebe nenhuma remuneração pelo trabalho constante, realizado de domingo a domingo. O senhor vive em uma pequeno cômodo coberto por telhas de amianto, sem banheiro. A vítima ainda relatou que aguarda a sua aposentadoria sair pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e que seu patrão, José Marques, seria o seu representante legal.
Os oficiais então se deslocaram até o INSS, onde foi constatado que o senhor já estaria recebendo o beneficio desde janeiro de 2016. A vítima afirma que nunca recebeu nenhum dinheiro referente ao beneficio. 
O senhor Ambrózio relatou também que o patrão estaria em uma viagem de férias, no estado da Bahia, não sendo possível obter um esclarecimento sobre o beneficio que a vítima não recebeu ao longo de quinze meses. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.