Últimas notícias

Quadrilha é presa por fraude ao Fundo de Amparo ao Trabalhador em Minas


Na manhã da última segunda-feira (02), nove pessoas foram presas pela Polícia Federal, por participação em uma fraude contra o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), em Minas Gerais.
Segundo a Polícia Federal, a fraude acontecia desde 2009 e arrecadou um prejuízo estimado de 27 milhões aos cofres públicos.
O fundo, que é gerenciado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), é responsável pelos recursos que saem destinados aos pagamentos de benefícios aos trabalhadores, inscritos no Programa de Integração Social (PIS), além do seguro-desemprego e o abono salarial.
Durante a operação, foram cumpridos 33 mandados de busca e apreensão em várias cidades mineiras:  Grão Mogol, Itacarambi, Corinto, Esmeraldas, Santa Luzia, Juatuba, Ribeirão das Neves, Brumadinho e Belo Horizonte.
Foram sete meses de investigação, sendo os autores indiciados por estelionato qualificado entre outros crimes. Outras duas pessoas não foram encontradas e são consideradas foragidas. A PF também informou que outras cinco pessoas são investigadas, apesar de não terem ainda nenhum mandado de prisão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2018

Imagens de tema por Jason Morrosw. Tecnologia do Blogger.