Últimas notícias

Prefeito de Curvelo contradiz Alexandre Kalil em programa de rádio

Prefeito de Curvelo Maurílio Guimarães

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), citou a cidade de Curvelo/MG como um dos motivos para adiar a flexibilização das medidas de isolamento social na capital. As afirmações aconteceram durante uma coletiva no último dia 29. O prefeito de Curvelo, Maurílio Guimarães (DEM), desmentiu o chefe do poder executivo da capital em uma entrevista nesta terça-feira (02).

Na coletiva do dia 29,  Kalil se disse "assustado" com os número da Covid-19 nas cidade do interior de Minas, Kalil disse que Belo Horizontes poderia seguir com a flexibilização se não fosse pelos pacientes vindos do interior. "Se Belo Horizonte fosse uma ilha nós poderíamos flexibilizar à vontade, mas não somos. Quando você vê ônibus chegando de Curvelo, como nós vimos, com doentes infectados. Quando você vê que 56 doentes chegaram em um dia em BH é assustador". (leia mais)

Na tarde desta terça-feira (02), durante entrevista sobre o assunto no programa de Eduardo Costa, na rádio Itatiaia o prefeito de Curvelo, Maurílio Guimarães, classificou como "totalmente equivocada" a fala de Kalil e que o mesmo deveria "se informar melhor". "A fala do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, foi totalmente equivocada, sem nenhuma razão e ele teria que se informar melhor para [que] na hora que falar o nome da cidade respeitar, principalmente aquelas pessoas que moram na cidade [que] ficaram extremamente chateadas com a fala dele" - finalizou.

Ainda durante a entrevista, Maurílio Guimarães explicou que a cidade não encaminhou nenhum paciente da Covid-19 para a capital e que os ônibus de pacientes que saem de Curvelo para BH são agendados previamente para outros tratamentos que nada têm haver com o novo coronavírus. "Até o momento Curvelo não precisou encaminhar nenhum paciente suspeito de Covid-19 para Belo Horizonte. Não teve ônibus nenhum encaminhado por Curvelo. Os pacientes que têm ido a BH são os que faziam tratamento de outras doenças lá e que foram devidamente agendados pela secretaria de saúde da capital. Nada haver com o Coronavírus." - pontuou o prefeito.

No mesmo dia da coletiva em que Kalil fez as declarações a Secretaria de Saúde de Curvelo emitiu uma nota em que afirmava ter cobrado explicações do prefeito, mas até o momento nenhuma explicação foi publicada pela Prefeitura de Belo Horizonte e nem pelo chefe do executivo da capital.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto, dotados de vocábulo inapropriado ou feitos por usuários anônimos. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2020

Imagens de tema por Jason Morrosw. Tecnologia do Blogger.