Últimas notícias

Opinião: Advogado pede lei para punir mau uso das redes sociais

Fabiane Maria, vítima da má utilização das redes sociais morreu horas depois de dar entrada no hospital com traumatismo craniano.
Não faz muito tempo que boatos amplamente divulgados na internet deram o que falar em Curvelo-MG.
Através de uma personagem fictícia no Facebook, um internauta vinculou a um ex-prefeito o recebimento de um suposto lixo radioativo, que por sua vez estaria causando câncer na população. (Veja a matéria)
Esta semana no município paulista de Guarujá também foi um boato em uma rede social que resultou na morte da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, que foi linchada por moradores após ser confundida com uma suposta sequestradora de crianças. A confusão começou quando uma página no Facebook denominada "Guarujá Alerta" divulgou o suposto retrato falado de uma mulher que também supostamente sequestrava crianças para execução de "Magia Negra"
A morte de Fabiana aponta para a necessidade de o Congresso Nacional aprovar uma lei específica para punir os casos de má utilização das redes sociais e da internet que resultem em crimes contra a integridade física. O alerta é do advogado da família de Fabiane, Airton Sinto.
O advogado também defende que o administrador da página deve responder pelo evento final, ou seja, pelo homicídio de Fabiane, triplamente qualificado, dentro dos limites de sua culpabilidade.
No boato de Curvelo, o ex-prefeito alegou dano moral. E a redundância nesse texto cheio de suposições não foi apenas um descuido. O propagador do boato curvelano, na ocasião, se defendeu dizendo que nenhum lixo foi recebido e o que foi divulgado foi apenas uma suposição. (Veja a matéria)



2 comentários:

  1. Este portal esta enganado. Eu li a postagem que se referia ao tal ex prefeito curvelano e nela nao continha nada que se refere ao recebimendo de lixo pelo ex prefeito. Apenas citava que o possivel ocorrido foi na epoca que ele era prefeito. Esta pagina é que esta distorcendo os fatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Zak, o que está distorcido é o seu entendimento que demonstra claro desconhecimento do assunto. Procure mais informações sobre os procedimentos administrativos que a prefeitura deve tomar para aceitar uma proposta feita a um município cotado para receber esse tipo de lixo. O senhor verá que é impossível que isso seja legalmente realizado sem o conhecimento e a autorização do prefeito em exerção. Para um bem comum, vamos ignorar a sua acusação de distorção.

      Excluir

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de quem os publica e estão sujeitos a moderação caso não sejam pertinentes ao assunto. Para entrar em contato direto com a redação acesse: www.clickcurvelo.com/contato

Click Curvelo Designed by Templateism.com Copyright © 2013 - 2016

Imagens de tema por Jason Morrow. Tecnologia do Blogger.